Estudos e Investigações

O Valor Econômico do Autocuidado na Saúde

O estudo “O Valor Econômico do Autocuidado na Saúde” foi realizado em cinco países da América Latina; Argentina, Chile, México, Colômbia e Brasil, a fim de entender os benefícios do uso responsável de medicamentos isentos de prescrição nos sistemas nacionais de saúde. A pesquisa se concentrou em doenças comuns com maior impacto, como resfriado comum, diarreia, candidíase volvovaginal e dor lombar inespecífica. Como resultado, estima-se que, se 50% dessas condições forem tratadas com autocuidado com medicamentos isentos de prescrição, aproximadamente US$ 1,5 bilhão por ano poderá ser economizado em cuidados médicos e perda de produtividade.

pdf

Faça o download deste arquivo PDF para expandir as informações do vídeo.